Utilizando o D-TISS

Agência Nacional de Saúde Suplementar lançou, no dia 02.12.2015), uma nova ferramenta que permite a pesquisa sobre procedimentos realizados por beneficiários de planos de saúde. 

Chamado de D-TISS, o sistema possibilita acesso a dados sobre a quantidade de procedimentos realizados por médicos, laboratórios, clínicas e hospitais conveniados a operadoras de planos de saúde e a visualização dos gastos com despesas assistenciais em todo o país e por estado, sexo do beneficiário e porte da operadora. Há, ainda, a possibilidade de obter dados na forma de mapas. Tudo por meio de um mecanismo amigável de busca por palavra-chave. Veja a imagem abaixo:

De acordo com a Agência, todas as esferas da saúde suplementar serão beneficiadas com o novo sistema:

ok algumas vantagens do uso do D TISS
O lançamento do novo aplicativo da ANS faz parte de uma série de medidas em prol da transparência das informações da saúde suplementar. Em novembro, a Agência publicou a Resolução Normativa nº 389, que obriga as operadoras a criarem áreas em seus portais para divulgação de informações para os contratantes de planos de saúde. 

Para cumprir essa normativa, a partir de 2016, as operadoras de planos de saúde deverão criar, em seus portais na internet, uma área exclusiva com informações individualizadas do beneficiário de plano de saúde e uma área destinada às empresas contratantes de planos coletivos. As informações destinadas aos consumidores contemplam os dados cadastrais do usuário e o histórico completo de utilização do plano, com o registro das consultas, exames e internações realizados. Isso ficará agrupado no Portal de Informações do Beneficiário da Saúde Suplementar (PIN-SS), área com acesso restrito, que só poderá ser visualizada com o uso de login e senha. Já as empresas passarão a ter acesso a informações antecipadas sobre o cálculo do reajuste a ser aplicado pelas operadoras nos contratos coletivos empresariais e por adesão.

 
Fonte: ANS - Qualidade da Saúde